Otorrinolaringologia

Otorrinolaringologia é a especialidade da medicina que se dedica ao manejo clínico e cirúrgico dos distúrbios que afetam a orelha, o nariz, a garganta e o pescoço. Dificuldades respiratórias, de deglutição, de olfato, de paladar, de audição, de equilíbrio, de sono, além de várias doenças com sintomas oftalmológicos e do sistema nervoso central concomitantes.

Estas são algumas das patologias tratadas pelo otorrino:

Ouvidos: Perda auditiva aguda ou crônica, zumbidos, vertigens e desequilíbrio (“labirintites”), otite externa, otite média, perfuração timpânica, paralisia facial…

Nariz e seios paranasais: Rinites, sinusites agudas e crônicas, obstrução nasal causada por desvios septais, hipertrofia de cornetos, hipertrofia de adenoides…

Garganta (faringe e laringe): Amigdalites e outras infecções de garganta, infecções de repetição, hipertrofia das amígdalas, disfonia (perda de voz), pólipos e cistos de pregas vocais, dor e dificuldade ao engolir, refluxo, tumores…

Exames realizados:

  • Nasofibroscopia (endoscopia nasal)
  • Videolaringoscopia flexível (endoscopia da laringe)
  • Videoendoscopia da deglutição
  • Endoscopia do ouvido, entre outros.

Cirurgias:

  • Adenoidectomia e amigdalectomia (retirada de amígdalas e adenoide)
  • Frenotomia lingual (cirurgia do “freio” da língua)
  • Timpanotomia (colocação de dreno de ventilação/carretel no ouvido),
  • Timpanoplastia (fechamento de perfurações de tímpano),
  • Septoplastia (correção de desvio do septo nasal),
  • Rinoplastia funcional (correção de defeitos funcionais do nariz),
  • Sinusectomia (cirurgia da sinusite crônica),
  • Turbinoplastia (cirurgia das conchas nasais),
  • Polipoectomia intranasal (ressecção de pólipos e tumores nasais e sinusais),
  • Dacriocistorrinostomia (cirurgia dos canais lacrimais),
  • Microcirurgias de laringe (para problemas diversos nas cordas vocais), entre outras.