Dicas para idosos durante o verão

Com a chegada do verão é preciso que os idosos tenham alguns cuidados, isso por que, nesse período do ano, é muito fácil com que eles fiquem desidratados ou sofram com as altas temperaturas.

O geriatra da Clínica Neurovasc, Dr. Daniel Marcolin, lembra algumas situações que podem deixar o seu verão mais agradável.

 

ALIMENTAÇÃO

Imagem 61. Alimente-se com comidas leves e de fácil digestão, como frutas, legumes e verduras. Evite frituras, gorduras, doces, alimentos muito salgados ou condimentados, que são de difícil digestão;

2. É preferível fazer pequenas refeições leves durante o dia do que refeições pesadas em intervalos distantes;

3.Evite alimentos expostos ao sol ou a temperaturas inadequadas para o seu estado de conservação.

 

 

 

LÍQUIDOSImagem 1

  1. Ingerir mais água. O idoso sente menos sede, mas isto não significa que não precise cuidar de sua hidratação, ingerindo pelo menos 1 litro e meio de água por dia;
  2. Prefira água, sucos e chás frios a refrigerantes e bebidas de álcool;
  3. Evite bebidas muito geladas ou muito quentes, preferindo elas frias ou em temperatura ambiente. Bebidas muito geladas saciam a sede mais rapidamente, fazendo com que se ingira menor quantidade de água.

 

 

 

AO SAIR DE CASA

Imagem 31. Utilize protetor solar ao sair de casa, não apenas em praias ou clubes de piscina. Os raios solares prejudicam a pele também quando estamos caminhando na rua. Aplicar nos locais que não estão protegidos pelas roupas. Não esquecer de passar nas orelhas (local muitas vezes não lembrado);

2. Use roupas leves, de cores claras e mais soltas;

3. Use chapéus ou bonés ao se expor ao sol;

4. Evite chinelos soltos. Prefira sandálias firmes, com solado de borracha e que fixem os pés. O suor dos pés, associado a chinelos, favorecem os resbalões, quedas e fraturas;

5. Use repelentes contra insetos;

6. Ao usar óculos de sol, utilize os que possuem proteção solar. Caso use óculos de grau, adapte os de sol com lentes de grau, para manter visão adequada.

 

 

FIQUE ATENTOImagem 5

  1. Ao utilizar ar condicionado, evite temperaturas muito frias ou mudanças bruscas de temperatura em ambientes;
  2. Monitore sua pressão arterial frequentemente. É comum idosos que apresentam níveis elevados de pressão nos meses mais frios apresentar níveis mais baixos no verão, devendo ser reavaliado o uso dos remédios;
  3. Não levante muito rápido da cama ou de cadeiras, para não ter tonturas e riscos de desmaios ou de quedas. Faça isto devagar;
  4. Esteja com o esquema de vacinação em dia.

 

 

 

AO VIAJARImagem 2

  1. Evite ficar muito tempo na mesma posição durante o trajeto. Caminhe de tempo em tempo ou, pelo menos, movimente as pernas, evitando assim inchaços e tromboses;
  2. Leve a quantidade correta dos remédios que usará durante todo o período, para não correr o risco de ficar sem tratamento.

 

 

 

 

ATENÇÃO

  1. Não faça uso de automedicação. Armazene-os em locais adequados, de preferência na própria embalagem, ao abrigo da luz e da umidade;
  2. Hidrate bem a pele para evitar ressecamentos cutâneos;
  3. Respeite os sinais de seu corpo, mantendo rotina quanto a horários de sono e de refeições;
  4. Tenha sempre próximo telefones de familiares para serem chamados em caso de emergência;
  5. Com sua documentação, tenha sempre a lista dos remédios (com dosagens e horários), relato de alergias e as doenças que possui.