A Utilidade da Toxina Botulínica A

Hoje quero explicar um pouco sobre a grande variedade do uso da toxina botulínica tipo A (o famoso Botox®). Ela não serve apenas para a estética como conhecido por todos.

Uma das maiores aplicações médicas da toxina botulínica A é na espasticidade, que é uma contratura anormal da musculatura e pode ocorrer em adultos e crianças (acima dos 2 anos de idade). Na infância a paralisia cerebral é a principal causa de espasticidade e estima-se que surjam 10 mil novos casos por ano. A toxina botulínica A pode ser aplicada em diversos músculos de acordo com o problema de cada criança e as doses podem ser repetidas em menos de seis meses se forem necessárias, mas com o desenvolvimento da criança as reinjeções geralmente são mais tardias. neurovasc-2

A toxina botulínica A apresenta excelente nível de evidência no pé equino espástico, melhorando a marcha, além das demais espasticidades dos membros inferiores.  Em adultos a espasticidade ocorre por lesão do neurônio motor superior (no encéfalo ou medula), sendo o acidente vascular encefálico (AVE) uma das principais causas. A toxina botulínica A reduz a hipertonia, aumentando o arco do movimento e diminuindo a dor associada à espasticidade e também melhorando a marcha. Outros tipos de espasmos são a distonia cervical (contratura dos músculos da região cervical), blefaroespasmo (piscar excessivo dos olhos) e espasmo hemifacial (contratura dos músculos de um lado do rosto).

Outra aplicação talvez não muito conhecida é na hiperidrose axilar e palmar (excesso de suor). Aplica-se a injeção localmente e a resposta ocorre na primeira semana, sendo que o efeito da resposta pode durar de 6 a 8 meses.

Um dos usos mais recente da toxina botulínica A é na enxaqueca crônica. Nesta ela age como profilaxia de novas crises, podendo estar associada a outras medicações. São aplicadas injeções em 31 pontos de sete grupos musculares que fazem parte da fisiopatologia da doença.

Procure seu médico para maiores esclarecimentos sobre sua doença, pois hoje há medicamentos e tecnologias, mais invasivas ou não, para trazer o conforto e uma vida saudável.

 

Dr. Diego Cassol Dozza

Neurocirurgião Clínica Neurovasc